Pesquisar este blog

25 abril 2020

5 LIVROS (PDF) IMPERDÍVEIS PARA ENTENDER A HISTÓRIA DO BRASIL EM SALA DE AULA

Aprender sobre a história do Brasil pode ser muito mais fácil e prazeroso quanto você pensa, principalmente quando se tem em mãos livros de autores nacionais que escrevem como se estivessem conversando com a gente, e acredite, eles estão! Neste post, trago os 5 melhores livros para ler, aprender e se encantar com a história do nosso país de uma forma prazerosa e bastante educativa.


Quem em sala de aula nunca achou chato um certo assunto sobre a história do Brasil? Pois, é! Muitas vezes nos deparamos principalmente nos livros didáticos com leituras cansativas e enfadonhas sobre fatos históricos que poderiam ser interessantes para nós se pudéssemos lê-los de uma outra forma, ou em outros livros. Como professor de história, conheço bem a realidade de salas de aulas onde alunos não se sentem convidados a entender mais a história do seu país, quando começam a ler nos livros, é por isso que listo abaixo os 5 melhores livros para aprender mais sobre a história do nosso Brasil. 
No final do post, disponibilizo em PDF os 5 livros aqui citados. Vamos lá!

1º - HISTÓRIAS DA GENTE BRASILEIRA (COLÔNIA) - MARY DEL PRIORE
O primeiro livro que trago para vocês, faz parte da coletânea História da Gente Brasileira da historiadora Mary Del Priore. Resolvi colocar como primeiro, pois, a autora se preocupou em traçar a história do Brasil de uma maneira bastante prazerosa e convidativa, principalmente para aqueles que estão começando a aprender mais sobre o nosso país.

A coletânea é dividia em 4 livros, e no primeiro livro Colônia, ela nos apresenta um Brasil até então desconhecidos por muitos, a intimidade dos portugueses, africanos e indígenas, a culinária, as vestimentas, o lazer, ou seja, Priori de maneira bastante criativa nos apresenta o cotidiano dos primeiros homens e mulheres que no Brasil habitavam, ela ainda nos convida a entender como pessoas simples daqueles Brasil viviam, seus modos de falar, de pensar, de comer, se vestir, brincar e trabalhar. Afinal, é conhecendo nossas raízes, as histórias de nosso povo e os objetos que usavam que seremos capazes de compreender melhor o país em que vivemos e de construir um futuro mais promissor para os nossos sucessores. Portanto, que tal olhar pelas páginas desse livro e descobrir o que há por trás das cortinas do Brasil? Este é o primeiro volume da coleção Histórias da gente brasileira focado na época do Brasil Colônia.


2º - AS BARBAS DO IMPERADOR - LILIA MORITZ SCHWARCZ
Misto de ensaio interpretativo e biografia do imperador d. Pedro II, este livro apresenta a monarquia brasileira a partir de um ângulo absolutamente original. Valendo-se de documentos inéditos e promovendo um diálogo fértil entre sua linha de argumentação e a inusitada iconografia, Lilia Moritz Schwarcz materializa o mito monárquico ao descrever, por exemplo, a construção dos palácios, os rituais da corte, a mistura de ritos franceses com costumes brasileiros, as formas encontradas pela boa sociedade para praticar a arte de bem civilizar-se, a criação de medalhas, emblemas, dísticos e brasões, a participação do monarca e o uso de sua imagem nas festas populares.

Contra esse pano de fundo surge o retrato de Pedro II: imperador aos catorze anos, este homem que governou o país durante quase meio século foi talvez o maior de todos os ícones do Império. Letrado, viajante, amante do progresso, às vezes alheio às solicitações do posto que ocupava, d. Pedro exibia-se com sua murça de penas de tucano e, de certo modo, legitimava a tropicalização dos costumes monárquicos; depois, ao trocar o manto imperial pelas vestes de cidadão, estará de algum modo anunciando a decadência do Império. As barbas do imperador não apenas mostra de que maneira a monarquia se tornou um mito: numa linguagem que equilibra o rigor da pesquisa com uma escrita sensível, identifica nesse mito uma força e uma singularidade que desconhecíamos.
Em parceria com a companhia das letras, o livro também virou uma bela educativa história em quadrinhos, de leitura simples e desenhos criativos a história da monarquia tornou-se ainda mais prazerosa.

3º -  1964: HISTÓRIA DO REGIME MILITAR BRASILEIRO
A indicação ao 3º livro é para historiador Marcos Napolitano, 1964: História do Regime Militar Brasileiro. Nesse livro, Napolitano escreve de maneira simples e convidativa a todos que se interessam na história recente do período ditatorial que o Brasil viveu - e - sobreviveu.Sem exaltar os feitos de militares bem como as revoltas dos comunistas, o autor começa a traçar o paralelo político que o Brasil passava desde o início do governo de Jango.

Percebe-se que o autor optou por construir uma narrativa em sua escrita que pudesse ultrapassar os muros das universidades. Alguns historiadores queixam-se de seus livros não atingirem o grande público em geral, mas poucos estão dispostos a modificar a sua linguagem acadêmica e torná-la mais acessível para as pessoas. Dessa maneira, o livro de Napolitano merece destaque, pois, a sua narrativa é simples e didática para os leitores que se interessam pela história da ditadura  no Brasil.

  



4º - HISTÓRIAS DO COTIDIANO - MARY DEL PRIORE

Mais uma vez colocamos outro livro de Mary Del Priori para entender melhor a história do Brasil, em Histórias do Cotidiano, Priori trás o dia - a - dia de homens, mulheres, crianças e idosos que viveram no Brasil ao longo do tempo, seus costumes, seus afazeres, suas festividades, bem como os medos e problemas sociais que o cercavam.

A escrita é convidativa e didática e faz desta obra como uma das mais interessantes para se analisar o cotidiano do homem brasileiro ao longo da sua história e como o seu cotidiano influenciou na construção do nosso país. Mary del Priore nos presenteia, neste livro, com as verdadeiras histórias do país, aquelas que retratam intimamente a vida da gente brasileira.




5º – D. PEDRO I: A HISTÓRIA NÃO CONTADA – PAULO REZUTTI
Muito se fala do grito às margens do Ipiranga, da sexualidade exagerada e do jeito impaciente que lhe rendeu o título de monarca difícil e de pouco tato político. Mas, quase duzentos anos depois de sua morte, pouco ainda se sabe do homem de personalidade complexa que se dispunha a morrer por uma causa; do pai que queria para os filhos a educação que reconhecia falhar em si próprio; do governante que foi protagonista na transição do governo absolutismo ao liberalismo e ao regime constitucional no Brasil.

Foi para preencher as inúmeras lacunas que o pesquisador Paulo Rezzutti escreveu D. Pedro I: A história não contada, onde o autor trabalha por meio de documentos inéditos sobre a vida pessoal e política de um dos maiores monarcas que no Brasil já existiu.



E então? Gostaram das dicas sobre os livros imperdíveis para entender da melhor forma a história do Brasil?
Abaixo disponibilizo para vocês os links dos livros que citei aqui, em PDF.

1º Livro Histórias da Gente Brasileira (Colônia) - Mary del Priore
3º Livro 1964: História do Regime Militar Brasileiro - Marcos Napolitano
4º Livro Histórias do Cotidiano - Mary Del Priore
5º Livro D. Pedro I: A História Não Contada – Paulo Rezutti

10 comentários:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.